Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Município de Vinhais aprovou medidas de apoio às IPSS’s e ao setor Agropecuário do concelho

Covid 19999 1 720 2500 1 720 2500
27 Abril 2020

A Câmara Municipal de Vinhais aprovou hoje, 27 de abril de 2020, em Reunião de Câmara, mais um pacote de medidas que visa apoiar a população, face aos constrangimentos causados pela Pandemia que estamos a enfrentar. Este, destina-se a dois setores: à ação social, mais concretamente às IPSS’s (Instituições Particulares de Solidariedade Social) do concelho, e à agricultura, nomeadamente a pecuária, um dos setores mais importantes do concelho.

Assim, ao nível das IPSS’s foi aprovado um subsídio, no valor de quatro mil euros (4.000€), a atribuir a cada instituição, para fazer frente às despesas causadas pela pandemia, visto que, tanto os Lares como os Centros de Dia, tiveram que adotar medidas mais preventivas, devido ao elevado grau de risco de contágio/exposição ao Covid-19.

A Câmara Municipal de Vinhais já entregou materiais de proteção a estas instituições, no entanto, há necessidade de as apoiar financeiramente, dando-lhe condições para que estas tomem todas as medidas de proteção dos seus utentes e funcionários.

Já no âmbito da pecuária e pensando na economia do concelho, porque importa olhar para o futuro, foi aprovado que a autarquia vai assegurar a comparticipação dos medicamentos utilizados para a terapêutica de bovinos, ovinos, caprinos e suínos, que serão assistidos pelo Piquete Veterinário, até ao final do ano (2020).

O município vai, também, assegurar a desparasitação gratuita de todos os animais de interesse pecuário, cuja sanidade é efetuada pela OPP (Organização de Produtores Pecuários) – Vinhais, no presente ano de 2020.

Outra medida tomada é referente à redução da taxa de abate, que permite aos talhantes que adquirem os animais no concelho e que sejam abatidos no Matadouro de Vinhais, paguem apenas 50% da taxa de abate, permitindo, desta forma, que os criadores de gado aumentem o número de venda dos seus animais, isto durante os meses de maio, junho e julho de 2020.

Todas estas medidas, conjuntamente com as já tomadas, têm como objetivo não só ajudar no combate à Pandemia, mas também, apoiar a economia do concelho, o que significa, ajudar as pessoas.

 

DOCUMENTO