Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Doença Infeciosa pelo novo Coronavírus – COVID19

Site corona 1 720 2500
10 Março 2020

Assunto: Doença Infeciosa pelo novo Coronavírus – COVID19

 
 
A doença (infeciosa) denominada COVID – 19 surgiu no final de 2019, no território da República Popular da China, sendo até ao momento a zona mais afetada, quer em número de casos, quer nas suas consequências. Até à data de hoje, há registo de casos confirmados em 60 territórios / países, sendo que em 9 deles todos os casos tiveram já evolução definitiva (sem casos ativos). Os territórios com transmissão comunitária ativa são a China, Coreia do Sul, Japão, Singapura, Irão e norte de Itália. 
 
Até ao momento foram registados em Portugal 2 casos confirmados de Coronavírus – COVID 19.
 
O COVID – 19 é um vírus que afeta inicialmente o aparelho respiratório, podendo atingir de forma grave outros aparelhos. A sua transmissão faz-se através de gotículas respiratórias, do contato direto com as secreções infetadas e ainda em aerossóis em procedimentos terapêuticos que os produzem.  
 
Tendo em conta as orientações das autoridades de saúde, a Medicina no Trabalho da Câmara Municipal de Vinhais, definiu um PLANO DE ATUAÇÃO que deve servir de referencial de procedimentos a seguir em modo a:
 
  • Uniformizar a atuação;
  • Manter os trabalhadores informados; 
  • Limitar a propagação da doença;
  • Minimizar os impactos na sua  implementação.
 
site corona esquema
 
No plano é também descrita a forma de abordagem na ocorrência de um eventual caso suspeito nas instalações da Câmara Municipal de Vinhais.
Estando neste momento na FASE 1 - ALERTA, as recomendações são as seguintes:

As autoridades de saúde e os empregadores devem manter o público e os trabalhadores informados nos riscos e nas medidas de proteção / atuação.

  • Manter-se atento às informações das autoridades de saúde;
  • Evitar o contato com pessoas que sofram de infeção respiratória aguda;
  • Lavagem frequente das mãos, especialmente depois de contato com pessoas eventualmente doente ou o espaço usado por elas;
  • Evitar o contato com animais de quinta ou animais selvagens;
  • Pessoas com sintomas de infeção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (manter distância – superior a 1 metro – de outras, tossir/espirrar para um lenço descartável ou para o antebraço fletido, e lavagem de mãos com água e sabão frequente e sempre depois de tossir / espirrar);
  • A utilização de gel alcoólico para desinfeção das mãos é um recurso alternativo admitido, quando disponível, e se for inviável a lavagem das mãos com água e sabão;
  • Não há recomendações especiais para viajantes, além do evitar de zonas muito afetadas. No caso de surgirem sintomas de doença respiratória durante ou após a viagem, procurar apoio médico partilhando este historial de viagem.

EM CASO DE DÚVIDAS CONTATAR SEMPRE SNS24 – 808 24 24 24

Se estiver num território com a doença ativa em risco de infeção é grave. Siga as orientações das autoridades de saúde locais e nacionais.
Apesar do COVID – 19 provocar uma doença ligeira em certas pessoas pode ser grave e até fatal, sobretudo em pessoas de 3.ª idade e com outras situações médicas.

PLANO INTERNO DE ATUAÇÃO| FONTE: DIREÇÃO GERAL DE SAÚDE