Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

ESTREIA MUNDIAL com a presença do autor Diabos e diabritos... num saco de mafarricos de Alexandre Parafita

20 Mar '20
Diabos  diabitos trasgo 1 720 2500

77ª produção em Residência Artística no Parque Biológico de Vinhais e Centro Cultural Condes de Vinhais

Este projeto, tendo por base a obra de Alexandre Parafita para os mais novos, pretende dar a conhecer o universo fantástico e encantatório da tradição oral, com os seus contos, lendas e mitos, de forma a estimular a curiosidade pelos saberes intergeracionais, descobrir as mensagens culturais das narrações e promover o gosto pela leitura das obras em questão.

Nestas histórias, “habita” todo um elenco de seres sobrenaturais (diabos, ogres, trasgos, maruxinhos) que povoam e ilustram grande parte da literatura oral tradicional e que foram sendo adoptados e reelaborados pelo imaginário popular num contexto marcado pelo misterioso e o inexplicável que caracteriza a vivência do povo na sua relação com a terra e a natureza. Exercendo um fascínio renovado na sociedade contemporânea, estes seres formam um universo habitualmente denominado de maravilhoso popular.

Versão cénica e encenação David Carvalho
Dramaturgia/criação musical Marília Miranda
Produção Filandorra – Teatro do Nordeste