Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Primeiras largadas do parasitoide de combate à vespa do castanheiro

32187401 1793607690947652 1154496890021085184 o 1 720 2500
09 Maio 2018
Realizou-se hoje, dia 9 de maio, a primeira largada do parasitoide que combate a vespa das galhas do castanheiro, em Edral, concelho de Vinhais. No terreno, estiveram presentes entidades ligadas ao assunto, como a Arborea, IPB, Direção Regional de Agricultura e a representar o município de Vinhais esteve o Presidente, Luís Fernandes.
A vespa tem sido um dos maiores flagelos deste concelho, uma vez que, tem aumentado o número de galhas afetadas, o que se traduz em graves consequências para a produção. Sendo a castanha um dos maiores motores da economia deste concelho, é de extrema importância que se trabalhe no sentido da erradicação da vespa, libertando os soutos desta praga, tentando reduzir os prejuízos por ela causados.
O município de Vinhais, tudo tem feito para ajudar os produtores nesta luta, que se tem mostrado um trabalho árduo, estando em parceria com as instituições responsáveis desde a primeira hora, assumindo grande parte dos custos, e auxiliando em tudo que é necessário.
No souto de Edral em que foi feita esta largada, reuniram-se também vários produtores de castanha, que aguardam com ansiedade e expectativa os resultados deste pequeno bichinho que pode ser a salvação da castanha. Este parasitoide é a única forma de combate a esta praga existente até ao momento, e por isso, Albino Bento, investigador do IPB , frisa que é fundamental que a sua largada seja feita agora, pois trata-se de um processo demorado e com resultados a longo prazo.
Abel Pereira, presidente da Arborea, que é uma associação que tem desempenhado um papel fundamental no combate a esta praga, mostra-se preocupado, pois “Vinhais e Bragança têm uma produção de cerca de 20 milhões de euros por ano, e pensar que as perdas poderão chegar aos 60 a 70%, o que pode ser uma calamidade”.
Tendo em atenção a importância da castanha na economia do concelho de Vinhais, continuará a existir por parte do município toda a disponibilidade para ajudar no controlo desta praga que ameaça tão importante cultura para os vinhaenses.

imagem