Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Confraria do Porco Bísaro e do Fumeiro de Vinhais já tem 45 confrades

Confraria 1 720 2500

São, na verdade, 45 “embaixadores” a quem o título de confrades lhes atribuia responsabilidade de, em permanência, assumirem a defesa e promoção do porco bísaro e do fumeiro de Vinhais.

Pessoas com forte ligação a este território, que se têm destacado nas mais diversas áreas profissionais: investigadores, académicos, empresários, jornalistas, artistas, políticos, promotores turísticos, entre outros. A confraria nasceu há dois anos, apadrinhada por António Monteiro e Isabel Escudeiro, respetivamente, grão-mestre e vice-grão-mestre da Confraria do Enófilos e Gastrónomos de Trás-os-Montes e Alto Douro. Carla Alves, que nos últimos 20 anos tem trabalhado incessantemente na defesa dos Suínos de Rala Bísara, que promoveu e coordenou os processos de certificação com IGP e DOP dos diversos enchidos de Vinhais e que é a responsável pela organização da Feira do Fumeiro, é a grão-mestre desta confraria.

“Consideramos que é uma honra integrar esta Confraria, sendo condição de aceitação dos confrades propostos para cada entronização o reconhecimento do trabalho desenvolvido em prol da afirmação do fumeiro vinhaense”, explica a grão-mestre, sublinhando que não se trata de nenhuma organização ou “ajuntamento”, com o único objetivo de degustar o excelente fumeiro de Vinhais, “há uma responsabilidade inerente a este título, a defesa, valorização e promoção do fumeiro de Vinhais e de todos os valores, naturais, paisagísticos, patrimoniais e culturais do concelho”, sustenta.

A Confraria nasceu com 33 confrades, no ano em que a Feira do Fumeiro de Vinhais completou 33 anos de vida. Dois anos depois são 45 os confrades e o número vai continuar a aumentar, ano após ano, “recrutando” mais “embaixadores”, destes produtos de extrema importância para a dinamização económica do concelho.