Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Município de Vinhais financia curso de Tripulantes de Ambulância de Socorro (TAS)

P1530915 1 720 2500
05 Janeiro 2017
Vinhais, um Concelho do Nordeste transmontano, com uma das maiores áreas a nível nacional e com um Hospital que dista a 30 km, necessita de meios de socorro de excelência. Assim, autarquia financiou quase na totalidade um curso de tripulantes de ambulância de socorro a seis elementos do corpo de bombeiros do Comando de Vinhais. O Curso tem a duração de 210 horas e será ministrado no quartel dos Bombeiros Voluntários de Vinhais.
Na cerimónia formal de abertura, que aconteceu ontem, dia 4 de janeiro, estiveram presentes o Vice-presidente da Câmara e responsável pela Proteção Civil, luís Fernandes, o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Vinhais, José Marques, o Adjunto Carlos Ferreira.
Luís Fernandes, diz que “a CMV financia este curso por uma razão muito simples, a de ajudar a população, para que seja prestado o melhor socorro quando necessário. A Autarquia apoia com todo o gosto esta iniciativa em conjunto com os bombeiros porque entendemos que é de grande utilidade para os nossos munícipes.” O autarca aproveitou ainda para deixar palavras de agradecimento aos bombeiros por todo o serviço que prestam à população, uma vez que a maioria são bombeiros voluntários.
O coordenador do curso explica que: “ é uma formação que permite também a aquisição de conhecimentos em variadas áreas, reanimação com suporte básico de vida e desfibrilhação automática, suporte básico de vida pediátrico, emergências médicas, traumatológicas, obstétricas, uma panóplia de conteúdos pedagógicos que vão ser ministrados a estes formandos que lhes permite ter a carteira de Tripulante de ambulância de socorro e assim prestar um melhor socorro à população que servem, neste caso aos vinhaenses.”
Nas palavras do Comandante José Marques: “O Município fez um esforço significativo para que fosse disponibilizada esta formação em Vinhais uma vez que, estes cursos só eram possíveis no litoral, sendo aqui em Vinhais, evitam-se mais gastos com alojamento e alimentação.

imagem

imagem